player        face  twiterinsta

Quinta, 20 Abril 2017 22:57

JEC vira o jogo, mas perde nos pênaltis

Por: Assessoria de Imprensa JEC

Com emoção até o início da madrugada, o JEC encerrou sua participação na Copa do Brasil 2017. Precisando vencer o Sport na Arena Joinville, o Tricolor lutou bastante até o fim do jogo, e conseguiu buscar uma linda virada. Nos pênaltis, porém, Magrão pegou as cobranças de Fernandinho e Danrlei para classificar a equipe pernambucana às oitavas de final do torneio nacional.

O primeiro tempo foi todo tricolor, com pressão do time e da torcida, sem dar tréguas ao Leão de Recife. Abusando do “cai-cai”, o Sport foi segurando o jogo até o intervalo. Nas melhores oportunidades do JEC, Alex Ruan parou em Magrão, grande nome do jogo. Já no segundo tempo o Tricolor foi para o tudo ou nada, e acabou sofrendo o gol aos 27 minutos, em contra-ataque finalizado por Leandro Pereira. Sem desacreditar, o Joinville empatou a partida quatro minutos depois, com Bruno Rodrigues. Aldair lançou o ponta na esquerda, que apostou na velocidade e marcou um lindo gol ao chutar no contrapé de Magrão. Embalado pela torcida, o Coelho foi para cima e conseguiu a virada aos 44 minutos. Caíque foi lançado na direita e Marlyson, na pequena área, empurrou para as redes, fazendo a Arena explodir de alegria. O resultado de 2×1 levou a partida para os pênaltis.

Pelo JEC, converteram Aldair, Breno e Bruno Rodrigues, mas Fernandinho e Danrlei tiveram suas cobranças defendidas por Magrão. Já no Sport, apenas Leandro Pereira errou, em grande defesa de Matheus, mas os atletas rubro-negros converteram as outras quatro cobranças e conseguiram a classificação: 4×3 nas penalidades.

O JEC volta a campo neste domingo, diante do Brusque, às 19h na Arena, pelo Campeonato Catarinense.

Sexta, 03 Fevereiro 2017 19:02

Garuvenses criam projeto de troca de livros

 

Simples iniciativas transformam mentes e ocupam espaços; dispersam conhecimento, horizontes e experiências. Com essa ideia e uma quantidade significativa de paixão por literatura, as jovens garuvenses Aline Minte e Bruna Monney criaram o Livrando-se com Amor, projeto que permite trocar os livros empoeirados da estante por novas obras.

brun

Apesar de embrionária, sua 1ª edição acontecerá no dia 12 de março, a proposta pretende ganhar adeptos e tornar o evento cada vez mais frequente na cidade. Música e contação de histórias intencionam animar o público presente.

 

Participe

Leve seu livro ou 1 kg de alimento não perecível e troque por uma nova obra. Os alimentos arrecadados serão destinos à instituições de caridade.

 

Quando? 12 de Março.

Que horas? Às 16h.

Onde? Praça Central Pedro Ivo Campos.

Quinta, 02 Fevereiro 2017 13:29

JEC e Figueirense ficam no 0x0

Por: Assessoria de Imprensa JEC

O Joinville bem que tentou – pela direita, na bola parada, através de cruzamentos e até contra-ataques – mas não conseguiu passar pelo bloqueio defensivo do Figueirense na noite desta quarta-feira, na Arena. Em jogo disputado no gramado pesado devido à chuva que caiu no Norte Catarinense, JEC e Figueira protagonizaram uma partida aguerrida, mas de poucas chances reais de gol. O placar de 0x0 acabou sendo ruim para as duas equipes no Campeonato Catarinense. Como consolo, o Tricolor viu aumentar o tabu caseiro diante do rival da capital. Agora são mais de nove anos sem saber o que é perder para o Figueirense jogando em Joinville.

O JOGO

O primeiro tempo começou com o JEC tomando o controle do jogo. Apostando especialmente pelo lado direito de ataque com Caíque e Fabinho Alves, o Tricolor chegou diversas vezes com próximo à meta do goleiro Thiago Rodrigues. Com o gramado pesado devido à chuva, a troca de passes foi dificultada para ambos os times. O capitão Lúcio Flávio atuou como o homem das bolas paradas, enquanto Fernandinho insistia nos cruzamentos pela esquerda. A única grande chance do Figueirense no duelo veio aos 24 minutos, com Anderson Aquino completando de cabeça um cruzamento da direita, quando a bola passou ao lado esquerdo da trave de Jhonatan. O JEC respondeu minutos depois, quando Caíque recebeu livre próximo a área e cruzou para o centroavante Ciro, que cabeceou por cima da meta alvinegra.

Já na segunda etapa, o Figueira conseguiu amarrar o jogo no meio de campo, evitando que o JEC chegasse ao gol de Thiago. Enquanto Ciro sofria com a marcação cerrada, o Tricolor continuava apostando na velocidade dos pontas para atacar. Logo aos 8 minutos, em boa inversão de jogo de Roberto para a esquerda, Alex Ruan arriscou de fora da área e quase marcou. Em seguida, Fabinho Alves desceu pela direita e cruzou rasteiro para Lúcio Flávio, que dividiu com a zaga alvinegra quase na pequena área. O técnico Fabinho Santos buscou novo fôlego da equipe tricolor ao colocar Juninho, Aldair e Marlyson no jogo. O trio de pratas da casa deram outra mobilidade ao ataque do Joinville, mas não foram capazes de tirar o zero do placar. No fim das contas, o empate sem gols frustrou os atletas tricolores, que lutaram bastante para conseguir a vitória.

Após o confronto, o técnico Fabinho Santos avaliou a partida e reconheceu o esforço dos jogadores tricolores. “Parabenizei minha equipe no vestiário por toda a entrega e dedicação. É claro que ficamos chateados por não conseguir a vitória, ainda mais em casa, mas a gente vê uma evolução e isso nos deixa um pouco mais alegres”, destacou. Para o comandante, o domínio da posse de bola passou pela eficiência da dupla de volantes formada por Kadu e Roberto, a quem o treinador elogiou. “Dá gosto de ver esses meninos jogarem futebol. Eles conversam bastante um com o outro, são muito obedientes taticamente. São atletas nossos, da nossa base. A satisfação é enorme e espero que eles continuem trabalhando forte para ajudar nossa equipe”, disse.

Por fim, Fabinho foi questionado sobre a falta de vitórias. Em três jogos oficiais no ano, são três empates. Mas segundo o técnico, não há motivos para desespero. “A gente sabe o quanto é importante a vitória, temos conversado muito com os atletas. Vejo que nesse momento é importante trabalhar a posse de bola. Só está faltado o gol, espero que a vitória aconteça naturalmente, por merecimento”, finalizou.

O JEC volta a campo no próximo domingo, contra o Criciúma, no Sul do estado.

 

O auditor de qualidade natural de São Paulo e garuvense desde 2003, Luiz Claudio de Araújo, é dono de um talento nato. Luiz, segundo a própria descrição do projeto, recria embarcações reais, fictícias e itens da cultura pop de maneira impecável. Com o sucesso das obras, arriscou criar uma conta no Youtube, o Canal Replicando, onde filma o passo a passo. Dentre as réplicas destaques, estão os navios Targaryen da série norte-americana Game of Thrones, o navio Black Pearl (Pérola Negra) do filme Piratas do Caribe e uma pokebola do desenho animado japonês Pokémon, sucesso no Brasil no fim dos anos 90.

 

Barco Targaryen Foto Canal Replicando

 

 Luiz garante que leva esse trabalho como um hobby. São em torno de dez miniaturas de barcos sendo expostas no Garten Mais desde o dia 16 de janeiro; a riqueza de detalhes impressiona. Aos sábados e domingos, Luiz ministrará o workshop "Construindo o Barco L'étoile" das 17h às 19h no próprio local. A exposição Replicando ficará aberta para visitação no Shopping Garten até 28 de Fevereiro.

 

Conheça e se inscreva no Youtube: Canal Replicando 

Curta no Facebook: Replicando

Siga no Instagram: Replicando

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

«IniciarAnt12345678910PróxFim»
Pagina 1 de 45
For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting

Todos os direitos reservados: maxima96fm.com.br

Desenvolvido por: Tiago Borba -  Desenvolvimento de Web Sites