player        face  twiterinsta

Slide background
Slide background
Terça, 22 Setembro 2015 14:08

22 de Setembro - Dia Mundial Sem Carro

Dia 22 de setembro é comemorado ao redor do mundo o Dia Mundial Sem Carro (World Car Free Day). A intenção desta data é fazer com que as pessoas reflitam sobre os problemas causados pelos automóveis e diminuir seu uso. Formas de transportes alternativas que não prejudicam o meio ambiente, como a bicicleta, são incentivadas neste evento.

O Dia Mundial Sem Carro foi comemorado pela primeira vez, em cidades francesas. Aos poucos atingiu países europeus e hoje esta data é comemorada em várias partes do mundo.

Somente em 2001 o evento chegou ao Brasil e muitos municípios estão aderindo a esta iniciativa. Geralmente a data é comemorada com atividades esportivas como caminhadas, passeios ciclísticos, gincanas e distribuição de panfletos.

O número de veículos automotores circulando nas grandes metrópoles cresce a cada dia e contribui para congestionamentos em ruas e avenidas, poluição sonora devido às buzinas, grande quantidade de fumaça expelida contribuindo com a poluição atmosférica, entre outras. A emissão de gases de efeito estufa é um dos principais malefícios que o uso de veículos particulares causa no meio ambiente e ainda contribui para o aquecimento global. Estima-se que 40% da poluição do ar é causada por veículos movidos a combustível fóssil. Além disto, consequências como desenvolvimento de doenças respiratórias, irritabilidade, sedentarismo e acidentes, podem acontecer.

Para diminuir o uso de veículos algumas mudanças de hábitos são necessárias como planejar melhor os deslocamentos, fazer caminhadas ou andar de bicicleta em caminhos curtos, optar por veículos movidos a álcool (menos poluente do que a gasolina), optar por meios de transporte coletivo, entre outros.

Cabem as autoridades de cada município estimular o uso de outros meios de transporte com criação e expansão de ciclovias, disponibilizarem mais transportes coletivos de qualidade e que tenham segurança, criação de bicicletários, aluguel de bicicletas públicas, etc.

Algumas cidades, como Amsterdã, Copenhague, Ottawa, Freiburg, entre outras; proibiram aos seus habitantes o uso total ou parcial de carros em suas ruas, avenidas e centros históricos. Além disto, medidas como redução de vagas para estacionamentos, aumento de pedágios nos centros urbanos, aumento do preço do combustível, visam desestimular o uso de veículos nestas cidades.

A fim de preservar as gerações futuras, este movimento internacional irá atingir mais cidades e assim contribuir para os meios sustentáveis de mobilidade, resgatando um novo conceito de qualidade de vida. Em vários locais o tema é comemorado com muita criatividade e realização de campanhas chamativas.

A lista da última semana mostra a força de uma parceria entre artistas dos dois principais gêneros populares do país: Marcos e Belutti e Wesley Safadão, na música “Aquele 1%”.

Completando o Top 3, estão “Isso cê num conta”, de Bruno e Marrone, e “Sapequinha”, de Eduardo Costa

Embora boa parte do ranking seja semelhante ao anterior, há duas novidades na lista: a nova canção de Zé Felipe, “Você e eu”, que estreou na 6ª posição, e o lançamento de Zé Neto e Cristiano, “Eu ligo pra você”, na 10ª posição.

Confira como ficou o ranking completo:

01 – Aquele 1% – Marcos e Belutti com Wesley Safadão
02 – Isso cê num conta – Bruno e Marrone
03 – Sapequinha – Eduardo Costa
04 – Escreve aí – Luan Santana
05 – Quando Deus quer – Lucas Lucco
06 – Você e eu – Zé Felipe
07 – Senha do celular – Henrique e Diego
08 – Que sorte a nossa – Matheus e Kauan
09 – Ela sabe ser sexy – Bruninho e Davi
10 – Eu ligo pra – Zé Neto e Cristiano

*Fonte: Crowley/Universo Sertanejo

O que acontece quando unimos duas formas distintas de se expressar, como a literatura e a dança? Um diálogo repleto de possibilidades, que sai do papel, passa pelo corpo e mexe com o público. A AMA Cia de Dança, companhia joinvilense fundada em 2007 e que integra o Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento – Impar, propõe essa “conversa” há tempos e realiza nos dias 25 de setembro e 2 de outubro a segunda edição do projeto Literatura Encena. A programação tem patrocínio do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura – Simdec e Fundação Cultural Joinville; e reúne em cena duas obras coreográficas inspiradas em textos literários: “FP 299”, de Amarildo Cassiano, e “Ki-Chá”, de Érika Rosendo.

Literatura Encena5 - Facebook

Serão três apresentações, sendo duas delas destinadas a alunos de escolas públicas: dia 25 de setembro, 14h, no Galpão de Teatro da Ajote – Associação Joinvilense de Teatro; e dia 2 de outubro, 16h, no CEU Aventureiro. Estas apresentações são gratuitas e serão precedidas de uma palestra didática com a professora de dança Maria Fortuna, que também é produtora da companhia. Ela fará uma explanação sobre o histórico do processo criativo na dança e a relação com a literatura. Essa atividade de arte-educação pretende contribuir com o ensino das disciplinas de literatura para adolescentes de escolas públicas de Joinville, por meio de novas formas de leitura e interpretação; e ainda estimular a formação de plateia para a dança contemporânea.

A terceira apresentação que integra o projeto será realizada no dia 25 de setembro, às 20h, também no Galpão de Teatro da Ajote – Associação Joinvilense de Teatro. Nessa noite o espetáculo é dirigido ao público em geral, com ingressos a R$ 20,00 (com meia entrada para idosos, estudantes, professores e pessoas com deficiência física e/ou intelectual). Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site http://www.enjoyevents.com.br/loja/cultural/literatura-encena/  ou também no dia, na entrada do teatro, a partir das 19h.

Coreografias são inspiradas nas obras de Carlos Castañeda e Fernando Pessoa

A literatura é peça fundamental na composição das obras coreografias da AMA Cia de Dança, em especial aquelas assinadas por seu diretor Amarildo Cassiano. “Nossa intenção é compartilhar as experiências criativas da companhia com grupos e pessoas de diferentes perfis e ampliar as percepções a respeito do entendimento da plateia em relação ao tema proposto nas obras apresentadas, transformando essas informações em matéria-prima para a continuidade do processo de pesquisa e criação desenvolvido no núcleo da companhia”, explica o diretor.

A linha inspiradora do coreógrafo tem se tornado fonte de pesquisa também para os bailarinos da companhia, que, ao assumirem seu papel de intérpretes-criadores, mergulham no universo literário dos autores e obras propostas. Desta forma, a linha de composição coreográfica de Amarildo Cassiano transpôs seu campo criativo individual e contagiou os bailarinos.

Na obra “Ki Chá”, Erika Rosendo mostra seu estilo, resultado da experiência em dança e do trabalho de investigação corporal. “Este trabalho me levou ao encontro dos mais profundos sentidos, expressados na matéria viva e na essência do ser, chegando ao sopro que nos transporta na busca pelo equilíbrio perfeito de todos os sentidos”, revela a coreógrafa. “Ki Chá” é inspirado no universo literário do escritor Carlos Castañeda em “A Erva do Diabo”, obra que transporta o leitor a uma viagem ao desconhecido, extrassensorial, uma interpretação real de algo irreal.

A segunda coreografia que integra o projeto é “FP-299”. Para sua criação, Amarildo Cassiano inspirou-se no universo literário do poeta português Fernando Pessoa, contido no livro “Desassossego”, assinado pelo heterônimo Bernardo Soares e composto em forma de fragmentos. O título faz uma referência ao fragmento 299, que explica e revela o processo de criação do poeta e diz: “Criei em mim várias personalidades. Crio personalidades constantemente. Cada sonho meu é imediatamente, logo ao aparecer sonhado, encarnado numa outra pessoa, que passa a sonhá-lo, e eu não. Para criar, destruí-me; tanto me exteriorizei dentro de mim, que dentro de mim não existo senão exteriormente. Sou a cena nua onde passam vários actores representando várias peças”.

Segundo Amarildo, para se comunicar com esta obra foi preciso se colocar no vazio, não apenas no dançar. “Tive que sentir cada partícula do meu corpo se transformando numa só célula, de movimentos, fundindo a música com a poesia de Fernando Pessoa. Para que esta obra ganhasse vida, me coloquei novamente no vazio, para ganhar um corpo exuberante, onde as minhas mãos falassem várias línguas e meus pés conhecessem todos os caminhos. Lanço nesta obra a dança do meu espírito, como se eu nunca tivesse falado”, define o coreógrafo.

A AMA Cia de Dança conta com o apoio do Centro Cultural Deutsche Schule (Bom Jesus/Ieslusc), local onde realiza suas aulas e ensaios; Clic Propaganda, Chico Maurente Fotografia, Mídia Quatro Filmes e RW Contadores.

Serviço:

O quê – Projeto “Literatura Encena 2015”

Apresentações para estudantes – dia 25 de setembro, 14h, no Galpão de Teatro da Ajote – Associação Joinvilense de Teatro; e dia 2 de outubro, 16h, no CEU Aventureiro. Entrada gratuita, mediante agendamento prévio com a produção da companhia, pelo email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou pelos telefones 47 3028-7311 / 9995-7111.

Apresentação para o público em geral – dia 25 de setembro, às 20h, no Galpão de Teatro da Ajote – Associação Joinvilense de Teatro. Ingressos a R$ 20,00 (com meia entrada para idosos, estudantes, professores e pessoas com deficiência física e/ou intelectual). Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site http://www.enjoyevents.com.br/loja/cultural/literatura-encena/   ou também no dia, na entrada do teatro, a partir das 19h.

Os cuidados com a alimentação têm crescido nos últimos anos. As pessoas têm feito suas escolhas e muitas decidiram excluir a carne da sua alimentação. Apesar do grande acesso a receitas, os vegetarianos ainda têm dificuldades em consumir pratos diferenciados e que fujam da “saladinha básica”. Pensando nisso, o Garten Shopping em parceria com o Jardim Amelie Delicatesse realiza o workshop e degustação da culinária vegetariana utilizando produtos orgânicos. O encontro ocorre no dia 23 de setembro, às 19h30, no espaço Garten Mais.

chefs_jad_ameli


Ministrado pelos chefs Miguel Neto e Branislav Pacas, o workshop vai ensinar o preparo de hambúrguer de lentilha e cogumelo no pão de cenoura. Complementando o cardápio vegan, para a sobremesa, será apresentada uma mousse de chocolate. “Queremos inspirar as pessoas a comerem bem, não importando a preferência de alimentação”, destaca Marcia Tasca gerente da delicatesse.

“Com o workshop queremos explorar um pouco mais este público e perfil de cliente. Nossas opções vegetarianas e veganas foram criadas a partir da demanda apresentada à casa. Nossa proposta é fazer uma comida saborosa, desmistificando que para algo ser bom não pode ser saudável”, finaliza.

As vagas para o workshop são limitadas e gratuitas. As inscrições devem ser efetuadas via email, no endereço O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

Garten + Gastronomia

23/9, às 19h30

Workshop e degustação da culinária vegetariana utilizando ingredientes orgânicos, com os chefs Miguel Neto e Branislav Pacas.

Realização: Jardim Amelie Délicatesse

Entrada gratuita

Inscrições: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting

Todos os direitos reservados: maxima96fm.com.br

Desenvolvido por: Tiago Borba -  Desenvolvimento de Web Sites